segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

ME DIGA, TÔ GATIS?

Julio Cortázar

E aí, tô gato?

Tô revelando o que há de fantástico e raro na vida cotidiana com uma prosa armada de ambígua naturalidade?

David Goodis

Me diz aí, tô gato?

Tô retratando com obsessão a solidão das vítimas, a apatia dos fracassados e o abandono dos decadentes?

Isaac Asimov

Meu filho vem cá: tô gato?

Tô criando um universo onde as máquinas existem à imagem e semelhança dos homens?

Aldous Huxley

Tô gato?

Tô subvertendo a forma tradicional do romance pra fazer uma sátira sobre a desumanização do século XX?

J.G. Ballard

Tô gato?

Tô fundindo o real, o pesadelo e a alucinação lisérgica no estranho casamento entre a erótica e a mecânica numa obra visionária da qual ninguém sai ileso?

Raymond Chandler

E eu, tô gato?

Tô sendo mestre em criar atmosferas densas, quase mórbidas e na maioria das vezes violentas em uma prosa direta, refinada e irônica?

____

Tudo isso e muito mais no Tumblr Tô Gato? Onde com muito humor um certo canalha analisa e tira uma boa onda dos grandes mestres disso que chamam de literatura sobre “O que pensam os gigantes da literatura antes de sair pra balada, inspirados pelas orelhas de seus próprios livros.” Um de meus Tumblrs prediletos, porque fazer humor com ironia e ficar algo bem bolado só sendo para estes caras que sempre foram muito gatos mesmo.

4 comentários:

M. disse...

Para se fazer este tipo de humor só com inteligência e cultura.

muito bom.

Paty Lopes disse...

promete...

Carlos Alberto disse...

Um dia ainda quero estar no "Tô Gato?"

Ismael Angelus disse...

Eu não: sou tão fotogênico quanto uma porta.

Hey, o blog tá com uma variedade bem massa.

xD