sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

AFINAL, O QUE QUEREM OS TELESPECTADORES?

Somente um Luis Fernando Carvalho para retirar a Rede Globo de televisão da sua quase sempre visível e viciante breguiçe novelística de sempre transformar qualquer coisa passada na TV no formato de novela, com seus diretores certinhos que nunca erram nos ibops da vida e até nos ingressos de cinema. Somente um diretor com peito, coragem e talento como Luis Fernando Carvalho para trazer qualidade aos seriados desta rede de televisão viciada no mesmo do mesmo. Somente um Luis Fernando Carvalho para preencher a televisão ousando câmeras e fotografia de cinema em um seriado de TV.

Terminou ontem “Afinal, O Que Querem As Mulheres?” Novo seriado dirigido por Luis Fernando, e nova obra sua, já que todos os títulos que produz para cinema ou TV já se enquadram em níveis autos de qualidade e produção.

Contando uma estória que nas mãos de qualquer outro diretor poderia ficar uma novelinha das seis, açucarada, melosa e previsível, Luis Fernando sempre inova com suas montagens com câmeras e imagens sobrepostas, fotografia espetacular, bem cuidar com trilha sonora e música, além de trabalhar tão bem atores já tão vistos em novelas fazendo os mesmos papéis que de repente acabam surgindo como novos atores, novos personagens fictícios, mais evoluídos. Como foi com Paola de Oliveira, da qual nunca fui muito fã além de sua beleza, mas depois de “Afinal o que Querem as Mulheres?”, não tinha como não me apaixonar por completo por seu personagem, Lívia, com suas danças, olhar matador e o amor que viveu com André (Michel Melamed).

Ótimo seriado, que já me deixa saudade grande, e espera por mais uma obra de Luis Fernando Carvalho. Enquanto isso não vem, está previsto para dia 18 de janeiro o lançamento de um Box com 6 livros, conteúdo complementar à série com o roteiro, ilustrações do Olaf Hajek, frames e fotos exclusivas. O box que será uma parceria entre a Globo Marcas, a editoraLeya e a editora Barba Negra. É esperar e ter dinheiro para comprar.

Nenhum comentário: